LinkConcursos.com.br > Área de estudo > Direito Processual Civil > Noções de Processual Civil – De Outros Atos Processuais: Distribuição e Registro (Lei 5.869)

Noções de Processual Civil – De Outros Atos Processuais: Distribuição e Registro (Lei 5.869)

O código de Processo civil é relativamente grande quando comparado com a legislação custumeiramente cobrada em concursos públicos. Por esse motivo é sempre bom  ir direto ao ponto para o concurseiros que estão preparando-se para alguma batalha avaliatória.

Diante disso disponibilizamos um tópico muito pertinente em diversos editais de concursos públicos pelo Brasil sobretudo em tribunias. O arquivo está em PDF e poderá ser acessado gratuitamente mediante cadastro prévio e grátis que poderá ser feito ao final desta parte do Processo civil que trata da Dsitribuição e Registro dos Atos Processuais.

CAPÍTULO VI
DE OUTROS ATOS PROCESSUAIS

Seção I
Da Distribuição e do Registro

Art. 251. Todos os processos estão sujeitos a registro, devendo ser distribuídos onde houver mais de um juiz ou mais de um escrivão.

Art. 252. Será alternada a distribuição entre juízes e escrivães, obedecendo a rigorosa igualdade.

Art. 253. Distribuir-se-ão por dependência os feitos de qualquer natureza, quando se relacionarem, por conexão ou continência, com outro já ajuizado.
Parágrafo único. Havendo reconvenção ou intervenção de terceiro, o juiz, de ofício, mandará proceder à respectiva anotação pelo distribuidor.

Art. 253. Distribuir-se-ão por dependência as causas de qualquer natureza: (Redação dada pela Lei nº 10.358, de 27.12.2001)

I – quando se relacionarem, por conexão ou continência, com outra já ajuizada; (Redação dada pela Lei nº 10.358, de 27.12.2001)

II – quando, tendo havido desistência, o pedido for reiterado, mesmo que em litisconsórcio com outros autores. (Redação dada pela Lei nº 10.358, de 27.12.2001)

II – quando, tendo sido extinto o processo, sem julgamento de mérito, for reiterado o pedido, ainda que em litisconsórcio com outros autores ou que sejam parcialmente alterados os réus da demanda; (Redação dada pela Lei nº 11.280, de 2006)

III – quando houver ajuizamento de ações idênticas, ao juízo prevento. (Incluído pela Lei nº 11.280, de 2006)

Parágrafo único. Havendo reconvenção ou intervenção de terceiro, o juiz, de ofício, mandará proceder à respectiva anotação pelo distribuidor.

Art. 254. É defeso distribuir a petição não acompanhada do instrumento do mandato, salvo:

I – se o requerente postular em causa própria;

II – se a procuração estiver junta aos autos principais;

III – no caso previsto no art. 37.

Art. 255. O juiz, de ofício ou a requerimento do interessado, corrigirá o erro ou a falta de distribuição, compensando-a.

Art. 256. A distribuição poderá ser fiscalizada pela parte ou por seu procurador.

Art. 257. Será cancelada a distribuição do feito que, em 30 (trinta) dias, não for preparado no cartório em que deu entrada.

[visitante] [alertbox] Para acessar o material desta lei em formato PDF você deve cadastrar-se em nosso site. Para tanto CLICK AQUI e faça agora grátis seu registro rápido e fácil para ter acesso a todos os materiais disponibilizados no LinkConcursos.com.br. [/alertbox] [/visitante] [membro]

CLICK AQUI e baixe o arquivo em formato PDF

[/membro] [wp_ad_camp_3]

Termos Relacionados:

Publicado em Direito Processual Civil