Conhecimentos Bancários

Título Público Federal para certificações e provas

Os títulos públicos federais são instrumentos de renda fixa que proporcionam ao governo federal a captação de recursos para financiar seus projetos e ao investidor a possibilidade de investir junto ao governo. Ou seja, são instrumentos para que o governo possa se endividar para efetuar gastos públicos.

São títulos de renda fixa, portanto possuem características de investimentos em renda fixa que são: possuem prazo, são representativos de dívida do emissor e possuem taxa previamente negociada. Eles são emitidos pelo Tesouro Nacional.

Por se tratar do governo federal, os títulos públicos são considerados de baixíssimo risco de crédito (risco do emissor não ter dinheiro para pagar). Os títulos são apresentados por letras e notas, sendo que as letras não pagam cupom de juros (letras não pagam cupom), enquanto as notas têm por padrão pagar ao investidor cupom (notas pagam cupom, exceto a NTN-B principal).

São eles:

  • LFT – Letra Financeira do Tesouro ou Tesouro Selic; (pós-fixado e sem cupom)
  • LTN – Letra do Tesouro Nacional ou Tesouro Prefixado; (pré-fixado e sem cupom)
  • NTN – B (Principal)Nota do Tesouro Nacional série B Principal ou Tesouro IPCA+ ; (IPCA + juros e sem cupom)
    NTN – B – Nota do Tesouro Nacional série B ou Tesouro IPCA + com Juros Semestrais; (IPCA + juros e com cupom)
  • NTN – F – Nota do Tesouro Nacional série F ou Tesouro Prefixado com Juros Semestrais. (pré-fixado e com cupom semestral)

LFT – Letra Financeira do Tesouro (= Juros da Selic) 

Título pós-fixado indexado a taxa Selic que permite ao investidor ter como indexador de seu investimento a taxa básica de juros da economia. Indicado em cenários de elevação dessa taxa. Ela também é chamada de Tesouro Selic.

LTN – Letra do tesouro nacional (= Juros prefixados)

Título pré-fixado que tem sua taxa negociada quando da emissão do título. Indicado seu investimento em cenários de queda da taxa de juros Selic. Também chamado de Tesouro Prefixado.

NTN-B – Nota do Tesouro Nacional série B Título pós-fixado 

Indexado a variação do IPCA que permite ao investidor proteger seus investimentos da inflação.

O que difere a NTN-B Principal da NTN-B é o fato da segunda pagar ao investidor cupom semestral, ao passo que a NTN-B principal paga os juros ao investidor somente no resgate ou no vencimento. Possuem o nome alternativo de Tesouro IPCA+ (NTN-B prinicpal)Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B).

NTN-F – Nota do Tesouro Nacional série F

Título pré-fixado que tem sua taxa negociada quando da emissão do título. Paga ao investidor cupom semestral. Também chamada de Tesouro Prefixado com Juros Semestrais.

Ressalte-se que esse instrumentos não tem cobertura do FGC, mas tem garantia do Tesouro nacional. Ademais, são sujeitos à tributos como IOF e IR. Por ser renda fixa, IR é retido na fonte.

Estes títulos podem ser negociados no opem market, com investidores institucionais e outros.

Prazos dos títulos do tesouro direto

Atentar que diferente do CDB, LCI, LCA, outros investimentos em renda fixa, os títulos do tesouro direto possuem em regra prazos maiores para serem resgatados e, portanto, ao efetuar alguma espécie de planejamento o investidor deve considerar esse horizonte de tempo para seu programa de liquidez.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Faça seu comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Ajude a manter este trabalho prestigiando nossos patrocinadores.
%d blogueiros gostam disto: