LinkConcursos.com.br > Área de estudo > Formulando um Problema para TCC. Monografias e Trabalhos Cientifícos

Formulando um Problema para TCC. Monografias e Trabalhos Cientifícos

Podemos definir diferentes problemas a partir do mesmo tema de pesquisa. Para que melhor possamos delimitar o problema, fazem-se necessárias leituras prévias sobre o assunto em questão. Um exame da literatura pertinente ao problema (relatos de pesquisa, teorias utilizadas para explicá-lo) é de fundamental importância.

Características de um problema em pesquisa científica:

  1. O problema deve refletir ou estabelecer a relação entre duas ou mais variáveis.
  2. O problema deve ser formulado em forma de questão para a qual se busca uma resposta.
  3. O problema deve ser formulado de maneira clara, objetiva e resumida, a fim de que o pesquisador possa avançar em sua tarefa de operacionalizar a investigação.
  4. O problema deve relacionar-se harmonicamente com as demais partes do projeto de pesquisa.
  5. O problema deve demonstrar que é passível de verificação científica.
  6. O problema deve ser uma indagação para a qual se busca uma ou diversas respostas; um problema pode referir-se a “O que acontece quando”, “Qual a causa de”, “Como deveria ser…para”.
  7. O problema deve ser passível de comprovação científica.

Ao formularmos o nosso problema, devemos ter cuidado para não envolvermos juízo de valor.

É importante que se apresente a literatura acadêmica encontrada a respeito do problema de pesquisa. Leia, a seguir, um trecho retirado do livro de Alves-Mazzotti; Gewandsznajder (1999), que nos ensina como apresentar o problema de pesquisa na introdução do trabalho acadêmico (projeto de pesquisa e artigo científico).

Creswell (1994) aponta quatro componentes-chave na Introdução de um projeto de pesquisa:

  1. apresentação do problema que levou ao estudo proposto;
  2. inserção do problema no âmbito da literatura acadêmica;
  3. discussão das deficiências encontradas na literatura que trata do problema; e
  4. identificação da audiência a que se destina prioritariamente e explicitação da significância do estudo para essa audiência. Para elaborar uma introdução que contemple esses componentes, o autor oferece algumas sugestões interessantes.

Na apresentação do problema, recomenda:

  • iniciar com um parágrafo que expresse a questão focalizada inserindo-a numa problemática mais ampla, de modo a estimular o interesse de um grande número de leitores;
  • especificar o problema que levou ao estudo proposto;
  • indicar por que o problema é importante;
  • focalizar a formulação do problema nos conceitos-chave que serão explorados;
  • considerar o uso de dados numéricos que possam causar impacto.

Ao discutir a literatura relacionada ao tema, recomenda-se evitar a referência a estudos individuais, agrupando-os por tópicos para efeito de análise. A referência a várias pesquisas uma a uma, além de desnecessária, torna a leitura do texto extremamente tediosa.

No que se refere às deficiências encontradas na literatura, sugere:

Apontar aspectos negligenciados pelos estudos anteriores, como, por exemplo, tópicos não explorados, tratamentos estatísticos inovadores ou implicações significativas não analisadas;

Indicar como o estudo proposto pretende superar essas deficiências, oferecendo uma contribuição original à literatura na área.

Finalmente, com relação à audiência, sugere que finalize a Introdução apontando a relevância do estudo para um público específico, que pode ser representado por outros pesquisadores e profissionais da área a que está afeto o problema, formuladores de políticas e outros.

Publicado em Área de estudo