Sufixo – Conceito, Função, Exemplos e Aplicação

Caracteriza-se o Sufixo por ser elemento colocado após o radical de determinadas palavras. O fim de tal acréscimo é dar uma nova significação ao termo que foi acrescido do sufixo.

O sufixo, tal qual o prefixo, é independente do termo ao qual está ligado. Assim sendo, a retirada do sufixo do termo ao qual ele encontra-se irá implicar palavra nova e diferente do sentido proposto com o sufixo. Exemplo é o “MENTE” de “infelizmente” retirando o sufixo teremos “infeliz” que possui uma significação própria.

[wp_ad_camp_1]

Outros exemplos:

Sufixo – “EIRO”
Na palavra “VERDUREIRO”

  • “VERDUR” é o radical
  • “EIRO” será o sufixo

Sufixo – “ARIA”
Na palavra SAPATARIA

  • “SAPAT” é o radical
  • “ARIA” é o sufixo

Em regra, os sufixos são utilizados com a finalidade de :

Indicar Aumentativo

  • Sufixo “aça” –  barcaça
  • Sufixo “aço” –  balaço
  • Sufixo “alhão” – brincalhão

Indicar Diminutivo

  • Sufixo “acho” – riacho
  • Sufixo “ebre” – casebre
  • sufixo “ejo” – lugarejo

Formar Substantivos Coletivos

  • Sufixo “ada” – cachorrada
  • Sufixo “al” – milharal
  • Sufixo “ama” – dinheirama

[wp_ad_camp_1]
Indicar Profissão

  • Sufixo “dor” – vendedor
  • Sufixo “eiro” – marceneiro
  • Sufixo “tor” – escultor

Indicar Lugar

  • Sufixo “ário”  - vestiário
  • Sufixo “eiro”  - banheiro
  • Sufixo “tório” – dormitório

Há milhares de termos em que surgem os sufixos. Eles, assim como os prefixos são espécies de Afixos (ou infixos) que explicamos anteriormente aqui. O processo colocar um sufixo a determinado termo caracteriza um tipo de derivação, tal como ocorre ao colocarmos um prefixo.

[wp_ad_camp_3]

Termos Relacionados:


>