Português

Prefixo “im”: usos e exemplos

Os prefixos e sufixos são morfemas da língua portuguesa, também chamados de afixos. Ou seja, quando os afixos são colocados junto a um radical, tanto no início como no fim, formam novas palavras. Os prefixos, como o nome sugere, são colocados antes do radical, ao contrário dos sufixos, que são posicionados após o radical.

Os prefixos e sufixos, junto ao radical, têm papel essencial no processo de formação de palavras, que pode ocorrer de diversas maneiras, como por exemplo por derivação prefixal e sufixal e derivação parassintética. Dessa forma, ocorre a formação de novos vocábulos, como no exemplo abaixo:

  • Entristecer / en – trist – ecer

A palavra “entristecer” é formada pelo radical “trist”, juntamente com o prefixo “en” e o sufixo “ecer”. O processo que ocorre nesse exemplo é a derivação parassintética. Já tratamos desse tema aqui em nosso site, veja a qui o que é derivação parassintética e também 40 exemplos de derivação parassintética.

O prefixo “im” e seu uso

Agora que entendemos a diferença entre prefixo, radical e sufixo, conseguiremos entender melhor o uso do prefixo “im”. Geralmente, o prefixo “im” acrescenta sentido de negação, contrariedade e privação à palavra. Além dele, os prefixos “i” e “in” também trazem esse sentido às palavras que são acrescentados. Observe as palavras abaixo:

  • Possível / Impossível
  • Provável / Improvável
  • Pessoal / Impessoal

Repare que a palavra à esquerda tem sentido positivo e, a partir do momento que se acrescenta o prefixo “im”, a palavra adquire o sentido de negação e contrariedade à palavra original.

O prefixo “im” sem sentido de negação

Assim como diversos outros prefixos, o prefixo “im” nem sempre vai ter o mesmo sentido. Por exemplo, na palavra “importar” não há o sentido de negação após acrescentar o prefixo. Além disso, também existem algumas outras exceções, que podem ser conferidas na lista abaixo:

  • Importação
  • Imigração
  • Imitação
  • Impressionar
  • Imposição

Exemplos de uso do prefixo “im”

Agora que já conhecemos os usos e exceções do prefixo “im”, além de conhecermos os conceitos e funções de prefixos, sufixos e radicais, vamos olhar alguns exemplos de uso do prefixo “im”. Observe as palavras abaixo:

  1. Imoral / Moral
  2. Imortal / Mortal
  3. Impróprio / Próprio
  4. Imprestável / Prestável
  5. Impermeável / Permeável
  6. Impossibilidade / Possibilidade
  7. Imparidade / Paridade

Consegue pensar em mais alguma palavra que possua o prefixo “im”, mas que não está presente na lista acima? Comente abaixo e compartilhe o texto com os amigos.

[box title=”Mais sobre Derivação:” box_color=”#d77777″ title_color=”#ffffff” radius=”11″] [/box]
Mostrar mais

Artigos relacionados

Faça seu comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Ajude a manter este trabalho prestigiando nossos patrocinadores.
%d blogueiros gostam disto: